segunda-feira, fevereiro 15, 2016

SINto

Sinto
Tanto. 
Sempre demais. 

Amo
Com todas as forças. 
Entregando-me em corpo
e desafiando a razão 
para além do tempo. 

Sangro
Desatinando os sentidos. 
Rasgando o colo quente
que precipita a mágoa 
e transborda em dor. 

Sinto. 
Tanto. 
Sempre demais... 

Liliana 


Enviar um comentário