terça-feira, julho 02, 2013

Alma

A minha vida não me quer a acreditar
mas a alma, essa, de tão determinada (encantada?!),
ah! a minha alma, essa, não se deixa pintar
e continua sempre e sempre a sonhar.

Por sobre todas as nuvens,
apesar de todos os contra-tempos,
minh'alma é sonhadora e voa com os ventos.

Posso prendê-la ao chão,
posso agarrá-la pela mão,
não deixa nunca de acreditar
e diz-mo sempre a gritar.

A minha vida não me quer a acreditar
mas a alma, essa, de tão determinada,
continua sempre e sempre a sonhar!



Liliana



Enviar um comentário