terça-feira, junho 11, 2013

Vida

Hoje dei de caras com uma cegonha. 
Ela ficou tão espantada comigo como eu com ela. Olhámos uma para a outra, curiosas. 
Vi-lhe os olhos cheios de vida e as asas que se abriram aos poucos à minha frente, a uns passos em frente.

De asas abertas, pronta a levantar voo, olhou-me de lado e, juro, disse-me um rio de segredos, daqueles que todos sabemos para os outros mas sempre esquecemos para nós.

E partiu.

Fiquei muito tempo parada, com os segredos dela na cabeça. 
Às vezes precisamos dar tempo aos pensamentos para se arrumarem e se organizarem em ideias.

Depois também eu parti, para o resto do dia que me esperava.

Hoje dei de caras com uma cegonha...

Liliana



Enviar um comentário