domingo, janeiro 08, 2012

So li dão

Há dias em que nem
o meu silêncio
a minha ausência
fazem falta no mundo real

A brisa paira pelo jardim libertando
as folhas amarelas e mortas
que me tocam as costas num aconchego seco

Nada me pede colo neste enorme areal onde me sento

olhando o absurdo mundo em que me reinvento.

Liliana


Enviar um comentário