domingo, abril 10, 2011

Perdi-me na guerra Sérgio...

Perdi-me no meio da areia que cai de um lado para o outro da ampulheta que controla o meu tempo.
Perdi a noção da minha pela na beira-mar, dissolvo-me neste vai-vem de água salgada que chove dos meus olhos.
Perdi a minha voz de tanto procurar o meu canto por entre os ventos que correm os mares e as montanha geladas.
Perdi o choro à força de tanto gritar num silêncio que me afoga e me oprime.
Perdi-me no meio do espelho onde procurava a criança que fui, ou que nunca cheguei a ser realmente, mas que imagino podia ter sido...
Perdi-me entre as palavras que começam a repetir-se em pequenos círculos que se espalham em ondulações que ecoam a toda a volta.
Perdi-te por entre os meus medos e fantasmas e sonhos e humores e tempos e expectativas e estradas e sentidos e guerros e lençóis onde não me encontro.

Liliana



Fotos de Fogo


(de Sérgio Godinho)

Enviar um comentário