quarta-feira, abril 22, 2015

Carrossel

Corres
Puxas
Empurras
Corres
Esperas
Corres
Desesperas
Corres

E sentes...

Sentes tudo
Sentes todos
Sentes Sempre
Sentes tanto que esqueces de te sentir

Planeias
Dás de ti
Antecipas
Tiras de ti
Anseias
Projectas
Calculas
Remendas

E acreditas...

Acreditas em todos
Acreditas que sim
Acreditas sempre
Acreditas até quando já não tens no que acreditar

Proteges
Desamparas-te
Equilibras
Escorregas
Acolhes
Isolas-te
Aceitas
Desiludes-te

E bloqueias...

Bloqueias a primavera
Bloqueias o sonho
Bloqueias a mudança
Bloqueias, principalmente, o que não devias bloquear

E olhas
Mas não vês
E choras
Mas não choves
E feres-te
Mas não sangras
E gritas
Mas não te acalmas

E corres...
E sentes...
E acreditas...
E bloqueias...
E corres...

sem sair do lugar

Liliana Lima

(foto de Aristides Mendes)
             
Enviar um comentário