sábado, outubro 15, 2011

Silêncio...

Mergulho no silêncio
O mar é frio e as ondas fortes
O meu grito é abafado pela água
que o leva até às margens onde, penso, estarás.

Mergulho no silêncio
com o grito preso na garganta,
apertado no coração pequeno e frio
a boiar na corrente que vai dar, acho, a ti.

Mergulho no silêncio
rei de todos os meus medos
Onde vivem os fantasmas e dançam as salas escuras.
Avanço nadando porque, acredito, vou-te encontrar.

Mergulho no silêncio deste grito que se prende no mais fundo do meu ser, do meu querer, do meu sentir. Porque te procuro, em mim.


Liliana


Enviar um comentário