domingo, abril 24, 2011

Estás aqui?


Não sei explicar como cheguei aqui...
Olho para trás e não conheço o caminho, procuro no mapa mas estou sem pontos de referência.

Ah! Mas estou! E sinto que não há volta a dar... não há como voltar atrás, apenas o horizonte me chama.
Tenho de seguir, avançar. Ainda que nem sempre perceba onde acabei de chegar...

Não consigo perceber porque estás aqui...
Não vejo os nossos passos marcados na areia, nem me lembro dum passado em conjunto.

Sei que estás! Isso eu sei. Dás-me a mão e enquanto estamos juntos abraças-me. Mas nem sempre Lua segue a rota dos nossos desejos.

Espero-te. Espero-te sempre, mesmo sem saber como cheguei nem perceber porque estás aqui.
Perco-me às vezes na areia da praia. Foges-me mil vezes por entre as ondas do mar.

Mas ao fim do dia, quando o sol beija o mar e a lua espreita no céu... sem explicações ou entendimentos, estamos aqui.

Liliana



Enviar um comentário