sexta-feira, agosto 26, 2016

a.QU.í

Não estou aqui
Também não estou aí 

Estou algures entre o agora e o sonho
Entre o que espero e o que receio 

Não estou aqui 
Espero por ti 
Para te perguntar por mim

Espero encontrar-te no que escrevo para saber que me vês 

Não estou aqui 
Quero-te aí 
E quero que me queiras aqui

Quero perceber que te falta o que de mim se perdeu, à procura de ti

Não estou aqui 
Também não estou aí 
Vagueio pelos dias numa ausência presente que me afasta do que (não) vivo sem ti

Liliana 



Enviar um comentário